| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

PARA ALÉM DA GRANDE MÍDIA
Desde: 10/01/2017      Publicadas: 64      Atualização: 20/10/2017

Capa |  Ciência e Educação  |  Cultura  |  Economia  |  Justiça  |  Ligeirinhas  |  Literatura  |  MÊS DE MARÇO, MÊS DA MULHER  |  Política  |  Religião  |  Sociedade


 Sociedade

  12/04/2017
  0 comentário(s)


SOBRE A RESPOSTA DE RACHEL SHEHERAZADE AOS QUE A DEFENDERAM

Por Anibal Lobão: "Sobre a resposta de Rachel Sheherazade aos que a defenderam"

SOBRE A RESPOSTA DE RACHEL SHEHERAZADE AOS QUE A DEFENDERAM

Ontem escrevi acerca do episódio recente envolvendo a jornalista Rachel Sheherazade e o apresentador e empresário Sílvio Santos. No texto, eu dizia, ao final, que amava fazer parte da esquerda brasileira por pertencer a este grupo de brasileiros que tem a capacidade de se compadecer com o outro que é humilhado, ultrajado em cadeia nacional por seu patrão, mesmo sendo esse outro uma pessoa como Rachel Sheherazade, que não costuma ter compaixão alguma por seus oponentes, humilhando-os, denegrindo-os, desprezando-os sempre.

Leia o texto que escrevi ontem clicando aqui. 

Parte da esquerda ontem não titubeou em sair em defesa da jornalista, por se tratar de um ser humano humilhado em cadeia nacional. No texto eu dizia que tal nobreza neste episódio eu mesmo não tive – mas o fato é que a solidariedade de pessoas que ela despreza ocorreu e isto constitui um exemplo concreto que eu certamente mostraria aos meus filhos caso tivesse filhos.

Pois bem. Hoje, a jornalista, em seu twitter, conforme a imagem acima, com a soberba que lhe é tão peculiar, afirmou que quem entendeu como humulhação aquela atitude feita por seu patrão (como ela se refere ao apresentador) entendeu errado e não tem o mínimo de inteligência para entender a brincadeira que seu patrão fez com ela. E ainda o agradeceu por ele ter feito brilhar seu intelecto.

Por fim, como você também pode ver na imagem acima, ela citou Mário Quintana:

“A ironia atinge apenas a inteligência. Inútil desperdiçá-la com os que estão longe de seu alcance. Contra estes ainda não se conseguiu inventar nenhuma arma. A burrice é invencível. ”

Cara jornalista, dizer que a atitude de seu patrão não foi algo claramente humilhante, e não perceber em seu semblante uma vergonha dolorosa quase juvenil, é, ao meu ver, um ato de desespero de sua parte. Tentar negar o indubitável é agir, aí sim, em minha opinião, com extrema burrice (o desepero emburredce, o ódio também), pois é impossível negar o que todos viram ao vivo e a cores em cadeia nacional.

Foi tão claramente humilhante que eu mesmo achei bom você provar um pouquinho da humilhação que você não raro desfere aos seus desafetos; enquanto a clareza dessa mesma situação vexatória fez pessoas que detestam suas atitudes de ódio e de desprezo aos seus oponentes, às minorias que você tento detesta, lhe serem sinceramente solidárias.

Não, senhora Rachel, os que a defenderam não são burros, são humanitários, defendem a humanidade de qualquer um, sempre que esta é ultrajada, oprimida, explorada, defraudada, até mesmo a sua, que odeia até os que lhe defendem, inclusive no momento em que lhe defendem.

Esperar gratidão de sua parte sei que seria muito, basta ver o ódio gratuito que a sra. profusamente sempre destilou.

Mas lutar por justiça, senhora Rachel, lutar pelo ultrajado e humilhado por aquele que é mais forte e poderoso é bem mais importante para quem tem uma visão progressista de mundo. Isto importa muito mais do que sua soberba, ingratidão e ódio.

Mas, ao menos, agora as coisas ficam ainda mais claras, com toda certeza, sra. Rachel Sheherazade, pois...

Essa é você.

Esses somos nós.

Que bom.

  Autor:   Anibal Lobão





Capa |  Ciência e Educação  |  Cultura  |  Economia  |  Justiça  |  Ligeirinhas  |  Literatura  |  MÊS DE MARÇO, MÊS DA MULHER  |  Política  |  Religião  |  Sociedade
Busca em

  
64 Notícias